Roma

Basílica de Santa Maria Maior em Roma

Conheça a belíssima Basílica de Santa Maria Maior em Roma

Também denominada Santa Maria Maggiore, a Basílica de Santa Maria Maior, em Roma, é mais uma das atrações imperdíveis para você visitar quando estiver em Roma. Ela faz parte de uma das 4 Basílicas Papais em Roma. As outras 3 opções de Basílica papais são: Basílica de São João de Latrão, Basílica de São Paulo Extramuros Basílica de São Pedro. Confira nossas dicas para que você possa aproveitar muito sua viagem e os belíssimos lugares que Roma apresenta.
Basílica de Santa Maria Maior em Roma
E, se você estiver planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito na Itália. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Itália vai sair mais barata do que imagina e você poderá aproveitar ainda mais. Agora, veja tudo sobre a Basílica de Santa Maria Maior em Roma.

Informações sobre a Basílica de Santa Maria Maior em Roma

Localizada na Piazza dell’Esquilino, a Basílica de Santa Maria Maior surgiu entre 432 e 440 a pedido do papa Sisto III. Atualmente, ela está no ranking das maiores basílicas e igrejas de peregrinação. Uma curiosidade sobre seu nome é que ela recebeu o epíteto de “Maior” somente depois de ser considerada a maior igreja mariana de toda Roma. Sendo assim, não deixe de conhecer esse ponto turístico que além de encantador, tem muito da história de Roma para contar.
Arquitetura da Basílica de Santa Maria Maior

Estrutura da Basílica de Santa Maria Maior em Roma

Logo no início, a Basílica tinha um carácter muito clássico, advindo de todo o seu histórico de Roma imperial. Ela é composta por várias colunas atenienses, sendo a maioria delas feitas de mármore e o restante de granito. Além das colunas, que dão um ar de sofisticação para o local, ela também conta com capiteis de bronze e o teto em talha dourada. O mais extraordinário da Basílica é que a fachada apresenta um estilo bastante próprio, mesmo depois de reconstruído, e proporciona um aspecto de um palácio na Piazza Santa Maria Maggione. No interior do loca, ela conta com vários mosáicos que representam obras como a Virgem Maria.
Detalhes da Basílica de Santa Maria Maior

Curiosidade sobre o surgimento da Basílica de Santa Maria Maior em Roma

Diz a lenda, que o surgimento da Basílica se deu quando um homem chamado papa Libério teve um sonho com a Virgem Maria que dizia que ele deveria construir uma igreja em algum lugar que tivesse neve em Roma. Foi na manhã seguinte, no Monte Esquilino, que o papa teve a confirmação do pedido e estabeleceu que ali fosse feita a Basílica, na época denominada Santa Maria das neves. Somente depois a Basílica ganhou o nome de Santa Maria Maior. Com essa lenda, todo dia 5 de agosto, pétalas de rosas brancas caem no interior da basílica.
Basílica de Santa Maria das neves

O Seguro Viagem é obrigatório para a Itália e Europa

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir à qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Roma

Agora que você já viu tudo sobre a Basílica de Santa Maria Maior em Roma, uma dica legal e que faz a diferença na viagem à Roma é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto das atrações turísticas. A cidade é grande até e ficando bem localizado você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Roma, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção nessas regiões que são super disputadas). Vale a pena caprichar na reserva do hotel em Roma.

Viagem de carro pela Toscana e Itália

E outra dica importante é que alguns pontos turísticos, cidades legais e vinícolas são um pouco afastados, e uma ótima opção para aproveitar melhor sua viagem pela Itália é alugar um carro. Muitos brasileiros estão optando por alugar um carro na Itália para poder conhecer melhor todas as cidades, principalmente as da Toscana. As estradas são lindas, você conhece várias cidades do interior e vilarejos, e pode fazer roteiros incríveis de carro como Roma, Milão, Florença, Pisa, Veneza, conhecer as belas praias da Costa Amalfitana, Siena, Lucca e explorar bem a Toscana. A Itália é um país em que alugar um carro é essencial. Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro na Itália com dicas de como alugar um excelente carro por um preço incrível com super comparadores de preços, os roteiros mais famosos e tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Use seu celular à vontade em Roma e na Europa

Poder usar seu celular em Roma, na Itália, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Itália nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Roma, Florença, Veneza, Milão, Toscana e qualquer lugar da Itália. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre a Basílica de Santa Maria Maior em Roma quando estiver lá.

Celular para Itália e Europa

Dicas dos ingressos das atrações de Roma e da Itália

Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus de Roma é preciso comprar os ingressos de cada lugar. A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para Roma e Itália todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço. Para todas as principais atrações como o Coliseu, Fórum Romano, Vaticano e os principais museus de Roma, você precisará comprar os ingressos para poder entrar.

Veja outras matérias de Roma e da Itália:

O que fazer em Roma: Principais atrações, passeios e lugares da cidade.

Guia da Toscana: Tudo o que você precisa saber sobre a Toscana.

Pontos turísticos de Roma: Os principais lugares turísticos da cidade.

Dicas para viajar de trem pela Itália: Dicas, melhores empresas e passagens baratas.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *