San Gimignano

Roteiro de 3 dias em San Gimignano

Aproveite ao máximo suas 72 horas em San Gimignano

Veja como fazer um roteiro de 3 dias de viagem em San Gimignano, na Itália, com dicas de atrações e pontos turísticos para você conhecer durante sua viagem. Esta cidade, que costuma encantar muito seus turistas, é bem pequena, então se você organizar bem o seu tempo é possível sair de lá com a sensação de que explorou tudo de melhor que ela tem para oferecer. Acompanhe a matéria e confira o que você não pode deixar de conhecer durante suas 72 horas em San Gimignano.

Duomo em San Gimignano

E, se você estiver planejando viajar para lá não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito na Itália. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Itália vai sair mais barata do que imagina e você poderá aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre o roteiro de 3 dias de viagem em San Gimignano.

Primeiro dia em San Gimignano

Nossa dica inicial para o primeiro dia em San Gimignano é que logo pela manhã você se dirija a um dos cafés que se estendem por toda a cidade e opte por experimentar o autêntico e tradicional capuccino à moda italiana. Em seguida, vá até umas das principais praças da cidade, a Piazza del Duomo.

Restaurante em San Gimignano

Na Piazza del Duomo, você terá a oportunidade de conhecer a Catedral da cidade. Feita de pedras de tons avermelhados, ela possui belas imagens de santos e anjos em seu interior. Bem ao lado da Catedral, você verá o Palazzo Pubblico e a Torre Grossa, ambos formam uma construção. A dica é que você separe um tempinho para conhecer esse monumento. O Palazzo Publico é a sede da Prefeitura da cidade e abriga o Museo Cívico, que guarda muitas obras de artistas locais e da Toscana. Já a Torre Grossa proporciona uma bela vista da cidade aos visitantes que sobem até seu topo. Lembrando que é necessário ter bastante disposição para encarar seus degraus, mas o visual de lá de cima faz todo o esforço valer a pena.

Vista de San Gimignano do alto da Torre Grossa

Depois de almoçar, finalize seu dia no Museo Casa Torre Campatelli, onde você terá a oportunidade de ver a única casa-torre, uma construção típica do século XII e XIII, aberta para o público. Durante seu passeio você irá conhecer internamente uma tradicional residência burguesa do fim de 1800. É como fazer uma verdadeira viagem no tempo! Conheça também outros museus da cidade na nossa matéria sobre museus em San Gimignano.

Segundo dia em San Gimignano

Comece seu segundo dia em San Gimignano conhecendo uma outra praça que também é muito importante, a Piazza della Cisterna. Algumas das construções que você poderá ver por lá são: o Arco dei Becci, que é um dos antigos portais da muralha defensiva da cidade; a Torre dei Becci, a Torre dei Cugnanesi, o Palazzo Razzi e a Casa Salvestrini, que antigamente abrigava um hospital e hoje funciona como hotel. Além disso, em seu centro você também verá um poço medieval, sua marca registrada.

Visitantes na Piazza della Cisterna

No horário do almoço, a dica infalível é que você não deixe de ir ao I Macchiaioli Vineria, um bar de vinhos que também serve pratos e aperitivos. Passe a tarde experimentando algumas taças com uma maravilhosa tábua de frios. Ao final, a nossa dica é que não deixe de comprar alguma garrafa que foi produzida na região para levar para casa. Caso você não beba ou esteja acompanhado de menores, não se preocupe, pois o lugar também tem outros tipos de bebida no cardápio.

I Macchiaioli Vineria em San Gimignano

Finalize seu dia na Igreja de Santo Agostinho, que, apesar de ter uma estrutura simples em seu exterior e não ser muito visitada pelos turistas, merece, com certeza, um pouco da sua atenção. Seu altar impressiona os turistas, pois é decorado com uma tela de Piero del Pollaiuolo de 1483, representando a coroação de Maria, com santos e anjos músicos. Além disso, seu interior também conta com uma série de afrescos de Benozzo Gozolli sobre a vida de Santo Agostinho.

Igreja de Santo Agostinho em San Gimignano

Terceiro dia em San Gimignano

Deixamos para o último dia um passeio que não poderia faltar em seu roteiro: degustação de vinhos em uma das muitas vinícolas nos arredores de San Gimignano. Sugerimos uma ida a vinícola Tenuta Torciano. Lá, além de ficar por dentro de tudo sobre a produção dos vinhos e experimentar alguns deles, é possível degustar também queijos, azeites e salames. Todos os produtos de degustação estão disponíveis para comprar. Pelo site é possível ver os diferentes programas que a vinícola disponibiliza aos visitantes. Os preços começam a partir de 25 euros, mas o valor vale muito a pena. Veja também outras opções de vinícolas na nossa matéria sobre vinícolas em San Gimignano.

Vinícola Ternuta Torciani em San Gimignano

Esse tipo de passeio costuma durar o dia inteiro, mas caso ainda sobre disposição na volta, dê uma passada no Museu San Gimignano 1300, que é inteiramente dedicado à cidade e aos seus habitantes. Ele abriga produções artísticas e arquitetônicas locais, mas a que se destaca é a que retrata como San Gimignano era em 1300, com suas 72 torres. Essa obra, que ocupa 27 metros quadrados, foi feita por Michelangelo e Raffaello Rubino e deu origem ao museu.

Obra exposta no Museo San Gimignano 1300

O Seguro Viagem é obrigatório para a Itália e Europa

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir à qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Mulher olhando janela de avião

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Itália

Agora que você já viu tudo sobre o roteiro de 3 dias de viagem em San Gimignano, uma dica importante é que alguns pontos turísticos, cidades legais e vinícolas são um pouco afastados, e uma ótima opção para aproveitar melhor sua viagem pela Itália é alugar um carro. Muitos brasileiros estão optando por alugar um carro na Itália para poder conhecer melhor todas as cidades, principalmente as da Toscana. As estradas são lindas, você conhece várias cidades do interior e vilarejos, e pode fazer roteiros incríveis de carro como Roma, Milão, Florença, Pisa, Veneza, conhecer as belas praias da Costa Amalfitana, Siena, Lucca e explorar bem a Toscana. A Itália é um país em que alugar um carro é essencial. Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro na Itália com dicas de como alugar um excelente carro por um preço incrível com super comparadores de preços, os roteiros mais famosos e tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Viagem de carro pela Toscana e Itália

Use seu celular à vontade na Itália e na Europa

Poder usar seu celular na Itália, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Itália nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Roma, Florença, Veneza, Milão, Toscana e qualquer lugar da Itália. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre o roteiro de 3 dias de viagem em San Gimignano quando estiver lá.

Celular para Itália e Europa

Veja outras matérias legais da Itália:

O que fazer em Roma: Principais atrações, passeios e lugares da cidade.
Guia da Toscana: Tudo o que você precisa saber sobre a Toscana.
Como levar dinheiro para Itália: Melhores formas de levar e comprar seus euros.
Dicas para viajar de trem pela Itália: Dicas, melhores empresas e passagens baratas.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *