Todas as dicas de viagem de Roma

Confira as principais dicas para ajudá-lo a organizar a sua viagem a Roma, a capital italiana. Dicas sobre hospedagem, passagens aéreas, seguro viagem, passeios, compras, pontos turísticos, vida noturna e tudo que você precisa saber para planejar sua viagem a Roma.

Vista da cidade de Roma

E depois não deixe de ver a matéria de como economizar muito em sua viagem à Itália. É a matéria mais acessada do blog e vai te ajudar muito com todo o planejamento da viagem. São várias dicas imperdíveis que vão fazer você economizar MUITO (muito mesmo) e montar toda a sua viagem à Itália. Agora, veja tudo sobre todas as dicas de viagem de Roma.

1. Dicas de quando viajar para Roma

Por mais que a cidade de Roma seja uma delícia durante todo o ano, se fosse para escolher uma época preferida, a nossa seria a primavera. Essa estação acontece na Europa entre abril e junho, e possui um clima perfeito. Saiba que nesses meses as temperaturas em Roma costumam ser mais amenas, entre 23°C e 18°C.

Os dias por lá também são mais ensolarados e, com o clima melhor, os passeios se tornam ainda mais especiais. Portanto, se está com dúvida e quer uma opinião sobre quando conhecer Roma, a nossa dica é: planeje-se e vá na primavera! Aproveite para conhecer mais detalhes sobre o assunto na nossa matéria clima e temperatura em Roma.

Quando é alta temporada em Roma?

Apesar de não ser o momento do ano que mais indicamos, é importante também dar a você informações sobre o verão europeu. Essa estação inicia dia 21 de junho e termina dia 20 de setembro, sendo o período de férias na Europa. Portanto, se optar por essa época, prepare-se para filas, pontos turísticos cheios e um calor absurdo na cidade, que pode chegar até os 40°C.

Bares e o verão em Roma

Além desses fatores que citamos acima, por ser alta temporada, os preços de itens como passagem aérea e hospedagem também ficam maiores. Então, caso você tenha disponibilidade para visitar em Roma em outro momento do ano, deixaríamos o verão de lado e optaríamos por outros meses.

Praia Ostia próxima a Roma

Meses de baixa temporada em Roma

Bem como o verão, o inverno também é uma época que, caso tenha disponibilidade, não indicamos muito para conhecer Roma. Essa estação marca a baixa temporada, uma vez que os meses de novembro até março são mais frios e a chuva na cidade, além do fato de que o pôr do sol acontece muito cedo.

  • Para você ter uma ideia, em dezembro, anoitece em Roma por volta das 17h, o que faz com que tenha bem menos tempo para visitar a maioria dos pontos turísticos em Roma à luz do dia.

Natal em Roma

Mês de setembro em Roma

O mês de setembro faz parte da transição entre o final do verão e o início do outono europeu, estação que começa no dia 21 de setembro e vai até o dia 20 de dezembro. Se fosse para lhe dar uma segunda dica de quando viajar para Roma, diríamos o mês de setembro. Nesse momento do ano, as temperaturas ficam entre 15°C e 27°C, longe no intenso calor do verão e também sem tantas chuvas.

Outono em Roma

Outro ponto que vale destacar é que a cidade também está mais vazia, ou seja, com preços de passagens aéreas e hospedagem melhores. Além de setembro, saiba que o mês de outubro também carrega boas características, mas com maior chance de chover e as temperaturas bem mais amenas, com médias de 11°C a 21°C.

Meses de outubro e novembro em Roma

Outro ponto que achamos bem importante alertar é sobre a temporada de chuvas em Roma, que acontece também no outono, entre os meses de outubro e novembro. Se você está procurando a junção de preços mais interessantes com temperaturas amenas, esta época pode ser uma boa opção. Veja abaixo um gráfico completo com acompanhamento mês a mês das chuvas em Roma:

Gráfico de precipitação chuvosa em Roma

Os meses de outubro e novembro costumam ser marcados pela chuva em Roma, e como essa é uma cidade onde a maioria dos passeios acontece ao ar livre, acreditamos que não seja a melhor época para visitar a cidade. Por outro lado, como citamos acima, há pontos positivos, e a chuva possui uma frequência média de 8 a 10 dias por mês. Então, entenda também que pode ser que não prejudique tanto assim o seu roteiro por Roma.

Mês de agosto na área turística de Roma

Feriados que acontecem nessas épocas:

  • 01/01: Ano Novo
  • 06/01: Epifania
  • 19/03: São José e Dia dos Pais
  • Primeiro domingo após a primeira lua cheia, geralmente em abril: Páscoa
  • Segunda-feira seguinte ao domingo de Páscoa: Segunda-feira do Anjo
  • 25/04: Dia da Liberdade
  • 01/05: Dia do Trabalhador
  • Segundo domingo de maio: Dia das Mães
  • 02/06: Dia da República
  • 29/06: São Pedro e São Paulo
  • 15/08: Assunção de Nossa Senhora
  • 01/11: Dia de Todos os Santos
  • 02/11: Dia dos Fiéis Defuntos
  • 04/11: Dia da Unidade Nacional da Itália
  • 08/12: Imaculada Conceição
  • 25/12: Natal
  • 26/12: Santo Estêvão

Eventos que acontecem nessas épocas:

  • Festa da Befana (janeiro): é o encerramento das comemorações de Natal e de final do ano. Befana é o nome popular dado a Epifania, data considerada feriado em toda a Itália. É representado pela figura de uma bruxa com sua vassoura.
  • Carnaval romano (fevereiro): traz eventos por toda a cidade, incluindo a exibição de cavalos na Piazza del Popolo, que costuma acontecer no sábado de carnaval.
  • Maratona de Roma (março): essa maratona traz um toque especial, já que você pode correr em meio a alguns dos belíssimos pontos turísticos da capital italiana, como o Coliseu.
  • Settimana dei Beni Culturalli (abril): esse evento dura 9 dias e é quando vários museus de todo o estado oferecem entradas gratuitas.
  • Natale di Roma (abril): acontece todo dia 21 de abril, em comemoração ao aniversário de fundação da cidade. São realizadas várias festividades bastante animadas.
  • Concerto Primomaggio (maio): ocorre dia 1º de maio, na Piazza San Giovanni. Esse evento traz shows musicais nacionais e internacionais, para celebrar o dia do trabalho.
  • BNL Internazionali D’Italia (maio): torneio de tênis em Roma.
  • La Noitte dei Musei (maio): alguns museus ficam abertos para visitações noturnas gratuitas durante esse mês.
  • Feira de verão (final de junho a início de agosto): ela acontece às margens do Rio Tevere e traz muito artesanato e especialidades gastronômicas.
  • Festivais gratuitos de gastronomia, música e cinema (final de junho a início de setembro): nesse período do ano, a prefeitura patrocina alguns festivais gratuitos, bem como shows com preços mais populares, para que moradores e turistas curtam o melhor da cidade.
  • Vogue Fashion Night Out (setembro): durante esse mês, várias lojas situadas no centro histórico de Roma e algumas salas de concertos recebem programações diferenciadas. Lá, acontecem desfiles de moda, shows ao vivo de DJ’s, performances e muito mais.
  • Mercados de Natal (dezembro): nessa época do ano, a cidade recebe mercados natalinos típicos e presépios encantadores.
  • Show de fogos e música ao vivo (dezembro): essa celebração do Réveillon Romano, também chamada de Capodanno, acontece no último dia do ano ao redor do Coliseu.

Natal em Roma

2. Dicas para a hospedagem em Roma

Outra dica para uma viagem a Roma é saber como escolher a sua hospedagem. E para isso, há dois itens essenciais: local de hospedagem e tipo de hospedagem.

  • Como escolher onde ficar em Roma:

Em Roma, vale realmente a pena você pagar um pouco mais na hospedagem e ficar bem localizado, para fazer tudo a pé e aproveitar muito mais a sua viagem. Por isso, indicamos o centro histórico de Roma, que é a região mais turística.

É lá que está o coração de Roma e quase todos os pontos turísticos da cidade. Ficando por lá, você estará perto de tudo e dá para ir a pé até ao Vaticano e o Coliseu, que são os pontos turísticos um pouco mais afastados. Ficar bem localizado em Roma faz toda a diferença!.

Panteão de Roma
Se quiser ver melhor onde é essa região e quais os hotéis que ficam por lá, clique aqui que abrirá um mapa que montamos mostrando todos os hotéis dentro dessa região que é excelente. Já colocamos como filtro para só mostrar hotéis com nota 8 para cima, o que vai garantir uma excelente hospedagem. Aí é só colocar a data da viagem para ver os preços e escolher o seu. Ficando dentro da linha laranja que mostra no mapa, não tem erro.

  • Escolher o tipo de hospedagem em Roma:

A segunda dica é escolher que tipo de hospedagem você quer para a sua estadia em Roma: hostel, hotel, hotel de luxo ou até casas próprias, como Airbnb. A gente sempre recomenda ficar em hotel, porque assim você não tem que ter muito trabalho durante as férias e consegue aproveitar bem a viagem. Por isso, recomendamos utilizar o Pesquisador de Hotéis em Roma. Nós sempre usamos ele, pois é o maior site de reservas de hotéis do mundo (além de também ter pousadas, hostels e hotéis para todos os gostos e bolsos).

Mapa da melhor região para se hosepdar em Roma

Dica do cancelamento grátis: uma outra dica muito boa é que esse buscador tem uma parceria fortíssima com os estabelecimentos e eles oferecem cancelamento grátis com quase todos os hotéis. Isso é ótimo, pois o fator que mais vai fazer você economizar na hospedagem é a antecedência. Essa é a dica mais importante.

Quanto antes você fizer a reserva, pode ter certeza que mais barato irá pagar. Então você pode já reservar o seu hotel, para garantir o menor preço, e se depois achar um melhor ou não quiser ficar nele, é só cancelar.

3. Dicas para fazer um seguro de viagem para Roma

O Seguro Viagem Internacional, é obrigatório para entrar em Roma, Itália ou qualquer lugar da Europa. Apesar de ser obrigatório, dá para economizar muito fazendo o seu seguro. Vamos mostrar aqui onde fazer o seu pelo menor preço. Só preste atenção em um item: para entrar na Europa, você é obrigado a ter um Seguro Viagem com cobertura mínima de 30 mil euros em assistência médica. Então escolha o seu seguro levando essa regra em consideração.

Casal viajando na Itália

Nós sempre usamos esse Comparador de Seguro Viagem que é incrível e pesquisa todos os seguros viagens em todas as principais empresas da Europa e você ainda pode parcelar no cartão em até 12 vezes. Em menos de um minuto você tem o orçamento de todos os seguros viagens na sua frente e já pode contratar o seu na hora. Não dá para deixar de fazer um, mas dá para economizar bem e conseguir um bom preço.

  • Nós recomendamos a Travel Ace, Assist Card, Affinity, Travel Assist, GTA, Green Card e SulAmerica, que são as empresas que já contratamos o seguro, são líderes mundiais e têm escritórios no mundo todo e atendimento aqui no Brasil.

Contratação de Seguro viagem online

4. Dicas para se locomover em Roma

  • De carro:

Uma dica que vai fazer você economizar muito na Itália é o aluguel do carro. A maioria dos brasileiros que viaja para lá aluga um carro para poder visitar os pontos turísticos da cidade, ir até os outlets e shoppings tendo um porta malas, e para conhecer as cidades vizinhas (Tivoli). A viagem pela costa da Itália também é linda. E dá para economizar muito com algumas dicas.

Carro em Roma

Reserve seu carro com antecedência

Faça a sua reserva online o quanto antes, pois outra dica para economizar e conseguir um carro barato é reservar com a maior antecedência possível e pela internet. Quanto antes você reservar, mais barato vai pagar. Vale muito a pena e você economiza bem com promoções, pagando muito mais barato em comparação a alugar lá na hora.

Não alugue um GPS na Itália

Outra dica legal para economizar ainda mais é não alugar o GPS e, em vez disso, usar o GPS do seu celular (você pode ver as nossas dicas de uso de celular na Itália que vamos dar aqui nessa matéria ainda. Vale a pena, pois você economizará bons euros do aluguel do GPS e ganhará um chip para usar o celular à vontade na Europa).

Aluguel de carro na Itália

Use os incríveis comparadores de preços

Existem dois comparadores de preços de aluguel de carros na Itália (e toda Europa) que são sensacionais e fazem uma pesquisa em todas as maiores locadoras de carros de lá, encontrando os melhores preços e promoções excelentes. Por serem os maiores comparadores do mundo, eles têm parcerias e preços imbatíveis com as locadoras.

Já chegamos a economizar muito em um aluguel de carro em Lisboa que íamos fazer com uma agência e achamos o mesmo carro da mesma empresa muito mais barato no comparador. Utilize os dois e veja qual vale mais a pena para economizar ainda mais.

Comparador de preços 1: Maior comparador do Brasil e você pode parcelar em até 12 vezes sem juros e não paga o IOF de 6%, pois o pagamento é feito em reais.

Comparador de preços 2: Maior comparador do mundo, tem mais empresas em sua busca, mas o pagamento não pode ser parcelado, pois é feito em dólar. Mas como ele acha preços mais baixos que o outro muitas vezes, vale a pena conferir também.

Dirigir em Roma e na Itália

Mais dicas: Prefira as locadoras maiores e de confiança, como a Alamo, Europcar, Hertz, Dollar, Budget e Avis. Faça o seguro básico na hora da reserva, que é super importante e geralmente já está incluso no preço, mas não caia na pegadinha das empresas, que na hora da retirada do carro, ficam tentando empurrar um seguro extra, que não vale a pena.

Com todas essas dicas e os comparadores, você consegue economizar até 200 euros no aluguel. E você só precisa da carteira de motorista brasileira para poder dirigir lá.

  • De metrô:

Outra dica para você se locomover em Roma é usando o sistema de metrô. Ele não é complicado e apresenta apenas duas linhas que se encontram no Termini. O único problema do metrô na cidade é que em alguns lugares esse sistema acaba não atendendo muito a população romana, principalmente a região do centro histórico.

Estação de metrô em Roma

  • De ônibus:

O ônibus e o bonde são alguns dos poucos transportes públicos que circulam na região do centro histórico de Roma, pois o metrô se encontra mais afastado da região. O legal é que eles contam com várias linhas de ônibus e não tem erro, basta prestar atenção nos letreiros que você não vai encontrar dificuldades para se locomover na cidade.

Ônibus em Roma

Quanto aos bilhetes de ônibus em Roma existem algumas opções para você escolher: BIT, que custa cerca de 1,50 euro e vale para 100 minutos a partir da sua convalidação e por viagens ilimitadas, BIG, que custa aproximadamente 6,00 euros e dura um dia inteiro para viagens ilimitadas também.

Há, ainda, BTI, que custa em torno de 16,50 euros e vale para 3 dias a partir da convalidação para viagens ilimitadas e CIS, que custa cerca de 24 euros e vale por 7 dias a partir da convalidação para um número ilimitado também. Escolha a melhor forma para você.

Andar de ônibus em Roma

  • Viagens de trem:

Outra dica sobre transporte é aproveitar o excelente sistema ferroviário que a Itália possui. Com ele, você consegue visitar outras cidades italianas, como Florença, Milão, Veneza, Pisa, entre outras.

Saiba também que os trens na Europa são um meio de transporte muito comum, ótimos, rápidos e muito confortáveis. É uma forma de economizar tempo e dinheiro, se comparado aos embarques aéreos.

Interior do trem na Itália

Uma dica para conseguir achar as melhores passagens e pelos menores preços é utilizar esse Pesquisador de trens da Europa. É o maior site de passagens de trem do mundo e ele faz uma pesquisa em todas as melhores empresas de trem da Itália e da Europa e acha as melhores opções.

Nós sempre fazemos nossas reservas por lá, pois eles tem sempre os melhores preços, o sistema de busca é muito bom, super fácil de reservar e é o site mais confiável do mundo para reservas de trem. É a melhor forma de comprar as passagens de trem da sua viagem pela Europa.

 Passagens de trens mais baratas em Roma

  • Transfer desde e para o aeroporto:

Uma dica importante para quem não for alugar um carro na Itália é reservar um transfer para ir do aeroporto até o hotel (e/ou vice-versa). As vantagens são várias: hora marcada com o motorista, segurança na hora de ter um transporte privado, conforto para quem viaja com muitas bagagens, entre outras. Para garantir uma chegada tranquila e sem estresse no hotel, sempre reservamos um transfer.

Serviço de Transfer

Tem um site muito bom, que é esse Pesquisador de Transfers, que é o maior do mundo. Ele oferece três opções de transfer: só ida do aeroporto ao hotel, só ida do hotel ao aeroporto ou os dois (ida e volta). É só colocar o aeroporto que vai chegar, o destino e escolher a melhor opção e o tipo de carro.

Eles já dão o preço, o tempo do trajeto e todas as informações. Nós achamos bem mais barato do que pegar um táxi no aeroporto e foi tudo sempre muito rápido e fácil. Vale muito a pena se não for optar pelo aluguel de carro.

Pessoa abrindo porta do transfer

  • Pesquisador de trajetos para achar a forma mais barata de se locomover:

Uma dica muito legal para você ver todas as opções de transporte de uma cidade a outra e poder escolher a mais barata é usar esse pesquisador de trajetos. É um site sensacional que mostra todas as opções de transporte entre uma cidade e outra. Ele pesquisa todas as opções de avião, trem e ônibus. Aí é só ver qual é a melhor e mais barata e fazer a compra por lá mesmo.

Os preços são ótimos e vale a pena comprar por ele mesmo, pois como é o líder desse serviço na Europa, ele tem preços super agressivos e mais baratos que em qualquer outro lugar. E ele só mostra empresas que são de confiança e consolidadas na Europa.

Estrada na Itália

5. Dicas para conhecer bem Roma

A melhor forma de conhecer a Roma, independente de se tem 3 ou 7 dias para a cidade, é separar um dia por bairro/zona e ir conhecendo seus pontos turísticos. Roma é uma cidade grande e para não perder muito tempo em locomoção e de um lado para o outro, separar os pontos turísticos por regiões é a melhor forma de conhecer a cidade.

Vista da cidade de Roma no verão

Outra dica, é pensar quantos dias quer ficar na cidade e conferir as matérias sobre roteiros diários que preparamos para que tenha uma viagem toda planificada e com boas dicas. Veja alguns:

O que fazer em Roma:

1) Coliseu de Roma

Comece sua incrível jornada na Itália visitando os pontos mais históricos de Roma. Símbolo da Itália e do Império romano, o Coliseu em Roma é um dos monumentos mais famosos do mundo e atrai nada mais nada menos do que 4 milhões de turistas todos os anos.

Sua construção se iniciou no ano de 72 d.C. e, durante décadas, serviu de palco para gladiadores que lutavam entre si ou com animais para um público de mais de 70 mil romanos. A visita às ruínas do Coliseu é um passeio obrigatório a todos os turistas que visitam Roma, não somente por sua grandeza mas por toda a sua história.

 Coliseu de Roma na Itália

A nossa dica principal é comprar o ingresso com bastante antecedência e chegar bem cedo, para não precisar ficar naquelas filas gigantes da bilheteria. Isso vale para tudo em Roma, pois chegar cedo faz uma diferença enorme.

Depois das 11 horas da manhã, todos os pontos turísticos começam a encher bem. Saiba que a maioria das empresas vendem o ingresso que possui acesso ao Coliseu, Fórum Romano e Palatino por cerca de 50€, então vale muito a pena comprar com antecedência e online.

Parte interna do Coliseu de Roma

2) Fórum Romano e o Palatino

No mesmo dia que for ao Coliseu, vá também ao Fórum Romano e no Palatino. O interessante é que o ingresso do Coliseu dá direito a visitar esses dois grandes pontos turísticos de Roma e, os três ficam um ao lado do outro.

O Monte Palatino é uma das sete colinas de Roma, repleta de história inclusive a da fundação de Roma. O Fórum Romano de Roma, conhecido também como o “berço do Direito”, é um lugar incrível e muitas pessoas dizem que acham mais interessante do que o próprio Coliseu.

Fórum Romano

Estas são construções antigas muito famosas como o Arco de Tito, a Basílica Giulia e o Templo de Saturno, que formam uma área enorme aberta com construções que sobraram da história de Roma e foram preservadas.

3) Vittoriano e Piazza Venezia

Indo para o Coliseu e Fórum Romano, provavelmente, você vai passar pela Praça Veneza. Esta é uma das mais famosas praças romanas, onde se encontra o incrível Vittoriano, um monumento dedicado ao rei Vittorio Emanuele II e que hoje é um dos maiores museus do mundo.

 Vittoriano e Piazza Venezia em Roma na Itália

Você pode entrar no Vittoriano quando estiver voltando do Fórum Romano ou retornar outro dia para explorar melhor o lugar. A entrada é gratuita. Se der tempo, já faça tudo em um dia só, pois tem muitas outras coisas legais para se fazer em Roma.

4) Panteão de Roma

O Panteão de Roma, chamado de Pantheon, é um templo dedicado a todos os deuses romanos. Hoje, por lá se encontram enterradas diversas personalidades ilustres, como os pintores Raffaello e Annibale Caracci, os reis Vittorio Emanuele II e Umberto I, e a rainha Margherita.

Interior do Panteão de Roma

É um lugar que não pode ficar de fora da sua lista de o que fazer em Roma, pois é muito bonito, a entrada é gratuita e logo em frente ao Panteão tem uma praça muito charmosa com ótimos restaurantes.

Nossa dica é ir de dia visitar o Panteão, por causa da luz do sol, e depois voltar à noite para jantar em um dos seus restaurantes que são ótimos, que apresentam as mesas do lado de fora na praça e contam com vários artistas e cantores que ficam lá animando a noite de todo mundo.

Entrada do Panteão de Roma

5) Praças de Roma

As praças são os lugares que você mais vai ver na sua lista de o que fazer em Roma. É muito comum na Itália ter essas praças enormes, com restaurantes em volta e artistas de todos os tipos tentando ganhar uma gorjeta. A nossa primeira dica foi a Praça da Rotonda, que é aquela que fica o Panteão e já comentamos. Abaixo, segue uma lista com as nossas praças favoritas em Roma:

  • Piazza di Spagna – Um dos pontos turísticos mais visitados em Roma é a Piazza di Spagna, traduzida como Praça de Espanha. Construída entre os anos de 1723 a 1726 a Escalinata di Trinità dei Monti (Escadaria de Trinità dei Monti) é o ponto mais conhecido da praça. A Praça da Espanha, em Roma, é hoje um dos lugares mais interessantes de se conhecer, pois lá da pra tirar fotos incríveis, como da fonte no centro da praça no formato de um barco.

Piazza di Spagna em Roma

  • Piazza Navona – Essa é a praça mais famosa de todas e um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. O ponto de visitação mais famoso na Navona é a Fontana dei Quattro Fiumi (Fonte dos Quatro Rios), que foi esculpida por Gian Lorenzo Bernini, entre 1648 e 1651, e representa os quatro rios mais importantes do mundo naquela época. A Piazza Navona é enorme e também tem excelentes restaurantes em sua volta. Reserve um dia para almoçar ou jantar por lá.

Piazza Navona em Roma

  • Campo di Fiori – Essa é uma das praças mais animadas de Roma, que recebe esse nome, pois no local havia um campo de flores. A praça foi construída em 1456, aos comandos do Papa Calixto III. No centro dessa praça, há uma estátua do filósofo Giordano Bruno, que foi acusado de heresia e condenado à fogueira (em 1600). O local ainda conta com uma feira livre incrível, abastecida por produtos locais e muitas flores.

Campo di Fiori em Roma

6) Fontana di Trevi em Roma

A Fontana di Trevi é um dos lugares com a maior concentração de visitantes por metro quadrado em Roma. Imortalizada no cinema, a Fontana di Trevi virou uma tradição pelos turistas que se aglomeram para fazer o tradicional ritual de jogar uma moeda na água que, conforme a lenda, faz com que o visitante retorne à cidade. A dica é ir cedo ou bem tarde, pela noite, quando há menos pessoas.

 Fontana di Trevi em Roma na Itália

7) Vaticano

Reserve um dia para se dedicar ao Vaticano. Vá para lá o mais cedo possível para visitar a Basílica de São Pedro e fotografar a Praça São Pedro, que aquela praça famosa que enche quando o Papa discursa. A entrada é gratuita para essas atrações e não pode entrar na Igreja com roupas muito ousadas, como saias curtas e ombros de fora.

Praça de São Pedro - Vaticano

Depois que sair de lá siga para os Museus do Vaticano, um complexo de museus que fica ao lado da Basílica de São Pedro. Você vai caminhar uns 20 minutos para chegar até os museus e no caminho irá se deparar com uma enorme variedade de lojas de souvernirs que vendem de tudo do Vaticano.

Além de todos os museus o visitante pode visitar a Capela Sistina, a Galeria dos Candelabros, a Galeria dos Mapas, as Salas de Rafael, a Coleção de Arte Religiosa Moderna e Contemporânea e a Sala da Biga.

Capela Sistina no Vaticano

Os Museus do Vaticano estão entre os mais ricos museus do mundo, por possuírem coleções com valor histórico inigualável, e para visitar eles é necessário comprar o ingresso, que custa cerca de 56€, já com acesso a Capela Sistina. Compre antes pela internet, pois a fila fica enorme lá na entrada. Os Museus do Vaticano são pequenos e interligados.

Fila para entrada nos Museus do Vaticano

8) Jogo de futebol e show em Roma

Se você vai para a Itália, não deixe de assistir a algum jogo do futebol italiano por lá ou um super show de alguém famoso. E para quem gosta de futebol, os jogos na Itália são uns dos mais emocionantes do mundo e ir no estádio é uma experiência sensacional.

Nós já pesquisamos bastante e tem um site legal para comprar ingressos de esportes e shows na Itália, que foi o mais barato que achamos.

 Assista a um incrível jogo de futebol ou um show em Roma

É só clicar aqui nos links para já ver nesse site todos os jogos esportivos e shows que terão em cada uma das cidades no período que você estiver por lá: Jogos e shows em Roma, Jogos e shows em Milão ou em Jogos e shows na Itália para pesquisar em todas as outras cidades italianas. Os times mais famosos são o Milan e o Inter de Milão, que são de Milão, e a Lazio e o Roma, que são da cidade de Roma.

9) Museus em Roma

Os museus também são grandes atrações para quem visita Roma. Nossa dica é para que visite o maior número de complexos de arte e cultura de Roma. Veja os principais a seguir:

  • Museus Capitolinos: são divididos entre 6 espaços: Palácio dos Conservadores, onde fica a obra original da Loba Capitolina de Rômulo e Remo; Palácio dos Senadores; Palácio Clementino-Caffarelli; Palácio Novo; Galeria Lapidaria e Central Montemartini. A coleção dos museus é majestosa e abriga obras de diversos períodos da história da arte. Os museus estão na lista dos mais visitados da Europa e a visita guiada de 3h pelos destaques desse complexo custa cerca de 50€.

Obra original da Loba Capitolina nos Museus Capitolinos em Roma

  • Museu Nacional Romano: é um complexo museológico considerado um dos mais famosos museus da Itália. O legal é que ele possui um grande e magnífico acervo constituído por coleções preservadas ao longo dos anos. Para quem gosta de museus, prepare-se para aumentar ainda mais sua lista de o que fazer em Roma.

 Museu Nacional Romano em Roma

  • Museu Galleria Borghese: este belo museu está instalado no interior da Villa Borghese em um lindo palácio, proveniente de uma das famílias mais nobres da Europa, a família Borghese, renomada por ter membros que foram Papas e Cardeais no Vaticano. Seu acervo reúne obras entre esculturas e pinturas de mestres como Caravaggio, Leonardo da Vinci, Gian Lorenzo Bernini, Rafael Sanzio, Antonio Canova, Raffaello, Ticiano, Rubens, Bernini e outros.

 Museu Galleria Borghese

  • Museu Napoleônico: abriga pinturas, documentos, bustos e muitos mais objetos dedicados a Napoleão Bonaparte. Grande parte das obras expostas faziam parte da coleção de Giuseppe Primoli, um descendente da família Bonaparte que doou estes tesouros para Roma. O espaço está dividido em três áreas: a ascensão de Napoleão I, a queda e a ascensão de Napoleão III e a era do Segundo Império.

Obras expostas no Museu Napoleonico

  • Museu da República Romana e as Memórias de Garibaldi: este museu está cheio de documentos, obras de arte e materiais multimídia dedicados à história da República Romana. Além disso, em seu passeio por lá você também verá muitos itens em memória de Giuseppe Garibaldi, revolucionário nacionalista cuja liderança possibilitou a unificação da Itália.

Museu da República Romana e as Memórias de Garibaldi

  • Museu Casal de’Pazzi: é dedicado à idade do Pleistoceno e tem exposições que datam de 200.000 anos. Por lá você poderá ver ossos de grandes mamíferos, como elefantes antigos e aves aquáticas. Além disso, o local ainda conta com guias muito atenciosos e vídeos explicativos bastante interessantes.

Interior do Museu Casal de'Pazzi

  • Museu histórico de veículos militares: muito interessante para aqueles que gostam de estudar sobre guerras, este é um dos museus mais antigos da cidade. Durante seu passeio por lá você terá a oportunidade de ver caminhões, carros blindados e até mesmo helicópteros. Mesmo para aqueles que não entendem muito do assunto, vale a pena o passeio.

Museu histórico de veículos militares

  • Museu Pietro Canonica: localizado na Villa Borghese, este pequeno, mas muito encantador museu está cheio de obras do artista italiana Pietro Canonica. A primeira parte, mais próxima do conceito tradicional de museu, é no piso térreo, enquanto a segunda parte, um pouco mais íntima, é encontrada no piso superior, onde Pietro tinha seu estúdio.

Obras expostas no Museu Pietro Canonica

10) Termas de Caracalla em Roma

As Termas de Caracalla já fez parte das sete maravilhas de Roma, sendo uma série de monumentos erguidos entre os anos de 212 e 216 d.C, em uma época que as ordem eram dadas por um imperador. O nome “Termas” vem da época dos romanos, que eram muito adeptos dos banhos públicos e utilizavam esse local. As Termas de Caracalla são uma atração incrível e não pode ficar de fora da sua lista de o que fazer em Roma.

  • Horários de abertura: fechado na parte da tarde de segunda-feira, aberto a partir das 9h.
    30 de Março a 31 de Agosto – encerramento às 19h15
    1 a 30 de Setembro – encerramento às 19h
    1 a 30 de Outubro – encerramento às 18h30
    31 de Outubro a 15 de Fevereiro – encerramento às 16h30
    16 de Fevereiro a 15 de Março – encerramento às 17h
  • Endereço do Termas de Caracalla: Via delle Terme di Caracalla, 52
  • Ingresso: A entrada do Museu custa 15€, mas a nossa dica é para que escolha a opção de 19€, que além da entrada inclui um áudio guia bem completo.

 Assista a um incrível jogo de futebol ou um show em Roma

11) Bairro de Trastevere em Roma

Se você busca um bairro bem charmoso, boêmio e ao mesmo tempo tranquilo para conhecer em Roma, a nossa dica é para que não deixe de visitar Trastevere. Esse é um bairro cercado por lojas encantadoras, praças com artistas, ruelas bem charmosas e restaurantes fascinantes.

Aliás, os centros gastronômicos merecem destaque e um dos passeios mais incríveis de Roma é o tour gastronômico dessa região. Então, confira onde comprar ingressos para tour gastronômico pelo bairro do Trastevere em Roma.

Bairro de Trastevere

Além dos restaurantes, há duas atrações imperdíveis nesse bairro: a antiga Basílica de Santa Maria e a fonte que fica em frente à igreja. A Basílica de Santa Maria em Trastevere foi fundada no século III, pelo Papa Calisto I, e conserva até hoje o seu estilo medieval.

Uma das maiores curiosidades dessa igreja é que ela se divide por dezenas de colunas, as quais vieram das Termas de Caracalla, que citamos acima. O local ainda é cercado por mosaicos em tom dourado, que o deixam ainda mais magnífico.

Basílica de Santa Maria em Trastevere

6. Dicas dos ingressos para os pontos turísticos de Roma

Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus de Roma é preciso comprar os ingressos de cada lugar. A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas.

Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para Roma e Itália todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço. Para todas as principais atrações como o Coliseu, Fórum Romano, Vaticano e os principais museus de Roma, você precisará comprar os ingressos para poder entrar.

 Ingressos de atrações e passeios da Itália mais baratos

7. Dicas para saber o que fazer à noite em Roma

Não pense que Roma é só uma cidade histórica, pois ela reserva uma vida noturna agitada e conta com bares, restaurantes e casas noturnas bem interessantes para você se divertir. São vários lugares e atrações imperdíveis. Confira as nossas matérias sobre cada tipo de passeio para fazer à noite:

Cidade de Roma à noite

8. Dicas sobre compras e descontos em Roma

  • Compras em Roma:

Outra dica é sobre as compras em Roma. Existem algumas ruas e lojas interessantes, que valem a visita. Porém, diferente de outras cidades, não existem shoppings e outlets em Roma e as lojas ficam todas nas principais ruas desse destino.

Se você quer fazer muitas compras, veja a seguir as melhores opções:

Via Del Corso em Roma

A Via Del Corso é a principal rua de Roma para quem quer fazer compras, onde estão as lojas de marcas conhecidas com preços mais acessíveis e de muita qualidade. Esta rua é uma das mais longas de Roma e em toda a sua extensão é possível encontrar uma diversidade de estabelecimentos que vendem roupas, acessórios e produtos de beleza com ótimos preços.

 Compras na Via Del Corso em Roma

Nesta localidade há lojas como Zara, Yamamay, Adidas, Puma, Mango, H&M, Kiko, Sephora, Disney e Diesel, além de outras marcas populares que se misturam junto a diversos cafés, restaurantes e sorveterias para que você possa dar aquela paradinha enquanto faz compras na região.

Por lá, existem várias lojas de óculos e relógios, sendo a Zara, por exemplo, enorme e com mais de três andares. Este, sem dúvidas, é o melhor lugar para se fazer compras em Roma.

Via del Corso em Roma

Via del Babuino em Roma

A Via del Babuino recebe o título de “a rua mais glamourosa de Roma”. Lojas como Tiffany & Co, Mac e Hogan, Louis Vuitton, Kate Spade e Michael Kors são algumas dicas de compras desta rua. Portanto, se você estiver procurando por um lugar para fazer compras de luxo ou simplesmente curtir um passeio mais sofisticado na cidade, não deixe de colocá-la na sua programação enquanto estiver pela localidade.

 Compras na Via del Babuino em Roma

Via Condotti em Roma

Pertinho da Via del Babuino, está outro lugar maravilhoso para compras em Roma, a Via Condotti. Considerada uma rua magnífica, que se inicia na Via del Corso e termina na Piazza di Spagna, é lá que você encontrará as marcas mais caras e as lojas e boutiques mais requintadas da cidade para se comprar roupas e acessórios.

Via Condotti em Roma

Dentre as principais marcas da região, se encontram: Dolce e Gabbana, Burberry, Angeletti, Mont Blanc, Valentino, Bulgari, Hermès, Louis Vuitton, Gucci e Versace. Este, portanto, é outro ótimo lugar para se fazer compras em Roma.

Via Borgognona e Via Frattina em Roma

Outra rua famosa para compras com várias lojas de grife e boutiques, que está paralela com a Via Condotti, é a Via Borgognona. Neste endereço super charmoso e elegante de Roma você pode encontrar grandes nomes, como Marina Rinaldi, Loro Piana, Dolce e Gabbana, Fendi, Givenchy, Ferrè, Roberto Cavalli, Versace e Brighenti Boutique.

Via Borgognona em Roma

Já a Via Frattina, situada paralelamente à Via Condotti e a Via Borgognona, é uma rua na qual somente pedestres andam. Em comparação com a Via Del Babuino e a Via Condotti, a concentração de lojas por lá é quase igual, mas os preços são bem mais em conta.

A rua está sempre cheia de gente fazendo compras em algumas das diversas lojas, como Alviero Martini, Pietro Brunelli, Max Mara, Carlo Pazolini, Fausto Santini e Immagine Intimo 91.

Via Frattina em Roma

Via dei Giubbonari em Roma

Para quem não quer gastar muito, por estar com o orçamento mais apertado para viajar, mas deseja comprar seja roupas, sapatos e acessórios de qualidade, a Via dei Giubbonari é uma ótima pedida. A rua está localizada entre a Piazza Benedetto Cairolo e a Piazza di Campo dè Fiori, onde está um dos mais famosos mercados de Roma, o Mercato di Campo dè Fiori.

Entre as lojas preferidas dos compradores por lá estão: Tama, David Mayer Naman, Prototype, Brandy e Giubbonari Srl.

Via dei Giubbonari em Roma

  • Saiba aproveitar o desconto do Tax Free!

Quase todos os países da Europa possuem o Tax Free! É um sistema que faz com que todos os turistas tenham direito a receber de volta uma boa parte dos impostos pagos nas compras. Esse imposto se chama IVA, e seu valor varia em cada país da Europa. Na Itália, esse imposto varia em torno de 22% do valor da sua compra! É muito!

A maioria das grandes lojas possuem o Tax Free. Então, sempre verifique se há uma plaquinha avisando que o tem, ou pergunte. Existe também um valor mínimo de compras dentro de um estabelecimento para poder ter direito ao Tax Free, que varia de país para país, mas na Itália ele é de 154,95 euros.

Loja com TAX FREE

Então, sempre que você fizer uma compra de valor maior do que isso, o atendente vai perguntar se você quer o Tax Free. Ele vai pedir seu passaporte, preencher um formulário e te entregar um envelope com a nota fiscal e esse formulário. É só você juntar todos os envelopes durante sua viagem e no aeroporto você vai no guichê e pega todo o valor de volta, em dinheiro!

Se você for visitar mais países na Europa, você junta todos e só pode fazer isso no último aeroporto, antes de retornar ao Brasil. É super fácil e você vai conseguir uma boa grande de volta.

Posto de atendimento da Global Blue

  • O que posso trazer de Roma para o Brasil? Há limite para a quantidade?

Outra questão importante de ressaltar quando prepara uma viagem a Roma é saber a quantidade de produtos que poderá levar para o Brasil, sejam itens eletrônicos, lembrancinhas ou outro tipo de produtos. Para isso, temos uma matéria completa que fala sobre a quota de dinheiro que você pode levar em produtos sem ser necessário declarar imposto na aduana. Leia aqui a matéria sobre limite e quantidade de produtos.

Mala cheia de roupas

9. Dicas para saber o que levar na mala para Roma

Outra dica importante é estar a par da época em que você vai pois o clima pode influenciar e, consequentemente, o que levar na mala e peso limite.

Verão: leve roupas frescas, como camisetas e shorts, mas também algum casaco fino para usar à noite, quando as temperaturas caem um pouco. Não se esqueça de incluir em sua mala chapéus, bonés, protetor solar ou bronzeador e garrafas d’água.

Inverno: roupas quentes, como calças, casacos grossos, roupas de lã e calçados fechados, inclusive próprios para a neve. Não se esqueça de levar também luvas, cachecóis e toucas. E inclua guarda-chuvas ou capas de chuva, pois nessa época do ano, a precipitação ainda é maior.

Primavera e outono: Tanto a primavera quanto o outono marcam a transição de temperaturas. Então, leve tanto roupas quentes quanto mais leves. Além disso, a nossa dica é sempre deixar um casaco com você, pois as noites costumam ser mais frescas. No outono, leve guarda-chuvas ou capas de chuva, pois a precipitação é maior nessa época.

Arrumando mala de viagem para Roma

A regra vale para todas as companhias aéreas e voos internacionais: o peso limite das malas despachadas para uma viagem de ida ou volta da Itália é de até 23 kg. Para classes executivas e primeira classe, é comum haver benefícios em relação ao peso das malas, a depender da companhia – na maioria dos casos, o peso limite é extendido até 32 kg.

E a bagagem de mão pode ter até 10 kg, embora nem sempre ela seja pesada no aeroporto. O ideal é, nessa mala de mão, levar roupas grandes como casacos, que ajudam a liberar espaço na bagagem grande que foi despachada.

Mala de viagem no aeroporto de Roma

10. Dicas sobre como levar dinheiro para Roma

  • Dicas para comprar euros e usá-los na viagem:

Você pode ir em uma casa de câmbio comprar seus Euros em espécie, comprar um cartão pré pago ou até mesmo utilizar seu cartão de crédito no exterior. Essas sempre foram as formas tradicionais, mas recentemente, surgiu uma nova forma de levar dinheiro ao exterior que é disparada a melhor opção de todas e faz você economizar MUITO.

Essa nova opção, que surgiu nos últimos anos, é abrir uma conta digital global em dólar, e utilizar o cartão dessa conta para fazer todos seus pagamentos e saques no exterior, em qualquer moeda. Na hora de comprar os dólares, acaba saindo MUITO mais barato.

Você compra dólar na cotação comercial, a mais barata de todas. Os bancos e casas de câmbio utilizam a cotação turismo, que é bem mais cara. E além disso, ao invés de pagar 6,7% de IOF na hora de usar o cartão no exterior, você paga somente 1,1% e paga muito menos taxa! É uma economia gigantesca. Fora a facilidade, pois é tudo online. E a conta será em dólar, mas você pode utilizar em qualquer país, que ele faz a conversão automaticamente. É aceito em toda a Europa, pois a bandeira é Mastercard.

Como enviar dólares para os EUA do Brasil: banco

Como abrir essa conta global, do Brasil?

Hoje em dia, existe um banco digital global brasileiro, que permite que você crie uma conta nos EUA em menos de 5 minutos. Com isso você consegue colocar dólares nela, transferindo de sua conta do Brasil, e utilizar seu dinheiro em qualquer país do mundo. E o único documento exigido é seu RG ou CNH. Vamos explicar abaixo todas as vantagens, que realmente estão sendo muitas.

Como abrir conta nos EUA do Brasil

Se já quiser baixar, você clica aqui, baixa o app deles no seu celular e cria sua conta rapidamente. E como muita gente está abrindo a conta com eles por causa de nossos blogs e por ser realmente uma opção bem mais vantajosa, conseguimos um cupom para nossos leitores! Quem abrir a conta com o código de convidado GRUPODICAS20 ganhará até 20 dólares ao fazer a sua 1ª remessa de câmbio em até 15 dias após o uso do cupom.

Tendo a conta aberta, você consegue enviar dinheiro da sua conta do Brasil (em reais) para essa (em dólar) facilmente pelo app, e ver quanto está o câmbio atual. Você terá sua conta em dólar e pode utilizar para fazer em compras em estabelecimentos do mundo todo, não importa qual seja a moeda e o país. Você vai pagar lá no estabelecimento na moeda que eles te cobrarem e na sua conta o valor já virá descontado automaticamente em dólar. E sempre muito mais barato.

OUTRAS VANTAGENS:

Você pode ir acumulando seus dólares aos poucos conforme a cotação estiver boa e ainda deixar eles investidos (eles permitem que você invista seus dólares em alguns fundos de investimento) para irem rendendo até sua viagem. Por eles serem um banco regulamentado nos EUA, você tem uma proteção de até 250 mil dólares do governo, caso aconteça algo com a empresa.

Você consegue usar em qualquer lugar do mundo o cartão, então todas as futuras viagens você já utiliza a mesma conta. O atendimento e suporte é todo em português. E não tem taxa nenhuma para manter ou abrir a conta.

Com essa conta você pode também fazer saques nos caixas eletrônicos do exterior para ter um pouco do seu dinheiro em espécie na viagem. Na Europa, por exemplo, você consegue sacar Euros. E os dois primeiros saques são isentos de qualquer taxa. Você automaticamente terá um cartão virtual de débito no seu celular, que já pode usar para fazer compras, mas pode solicitar também o cartão físico. Se for solicitar o cartão físico, solicite o quanto antes, pois ele é enviado dos EUA.

Sla VIP Guarulhos - Conta Global Digital Nomad

E agora eles possuem uma sala VIP bem legal no aeroporto de Guarulhos, para quem possui conta com eles. Um ótimo benefício e você vai poder utilizar ela em todas as suas viagens. Não se esqueça de utilizar o cupom GRUPODICAS20 na abertura da sua conta para ganhar até 20 dólares.

Outras alternativas para comprar euros

Para quem não quiser abrir a conta por algum motivo ou quiser já levar um pouco de euros em dinheiro, a gente sempre compra nessa casa de câmbio aqui. É uma das maiores empresas de câmbio do país, tanto pela segurança como pelo preço. E, você consegue fazer tudo pela Internet e eles entregam na sua casa através de um portador. Mas a conta global ainda é disparada a melhor opção.

11. Dicas para estar comunicado e com internet durante a viagem a Roma

Outra forma de economizar na Itália é na hora de usar o seu celular. Usar o seu roaming internacional no exterior com o chip do Brasil geralmente é a pior opção e acaba sendo muito mais caro. Para usar o Wi-Fii-fi, a maioria dos hotéis cobra uma taxa diária que é muito cara e você só pode usar o celular dentro do hotel.

O que a maioria das pessoas faz e que vale muito a pena é comprar um chip pré-pago internacional de uma empresa internacional. Acaba sendo MUITO mais barato e você consegue usar a internet tranquilamente, durante toda a sua viagem e com um excelente sinal.

Chip Pré-Pago de Celular para Itália e Europa

Se você for alugar um carro então, o chip vai sair de graça, pois com seu celular funcionando você não precisará alugar o GPS com a locadora de carros, porque poderá usar o do celular. O valor que economizará do GPS já paga o chip. E você vai usar MUITO o seu celular para pesquisar tudo em sua viagem.

Depois desses anos todos testando vários chips diferentes e viajando por todo o mundo, o que nós mais gostamos e sempre usamos agora é esse chip de viagem. Ele tem um bom preço e um serviço excelente. O sinal foi excelente em todas as cidades que visitamos, você compra super rápido no site deles e recebe em casa aqui no Brasil em poucos dias.

O legal é que por ser uma empresa brasileira, o atendimento é todo em português. Se você for viajar por uns 5 dias, o plano de 2GB dá tranquilo. Mas se for ficar mais, é legal comprar o de 5GB para garantir. O bom é que se acabar o plano (com nós nunca acabou e sempre deu tranquilo), você pode recarregar pelo aplicativo deles que é bem prático.

Casal usando celular em viagem pela Europa

12. Dicas para encontrar passagens aéreas mais em conta para Roma

A primeira dica para quem vai viajar para Roma é em relação às passagens aéreas. Sem dúvida é um dos pontos mais dispendiosos de uma viagem ao exterior e por isso é ideal procurar com bastante antecedência para conseguir encontrar os melhores preços e boas promoções.

Avião na Itália

No entanto, muitas vezes é difícil acompanhar todas as promoções e passagens de todas as companhias aéreas para conseguir comprar a mais barata. Por isso, é importante seguir algumas dicas para achar passagens aéreas baratas para a Itália. A nossa primeira grande dica é utilizar um bom comparador de passagens aéreas, que faz uma busca em todas as companhias aéreas para a Itália. É ótimo, porque poupa você de ter que entrar em cada companhia e fazer várias buscas diferentes.

Com um comparador de passagem aérea, você coloca a data da sua viagem e ele já mostra todas as opções disponíveis. Nós sempre usamos esse comparador de passagens aéreas, pois de todos é o que sempre tem os melhores preços e é um dos mais seguros e conhecidos do Brasil. Clique nele e siga outras dicas que vamos dar a seguir para conseguir economizar muito na compra das passagens aéreas para Roma.

Avião no céu durante o voo

  • Dicas da escala para economizar na passagem aérea:

Outra dica é sempre pesquisar as opções de voos que aparecem, porque uma viagem direta para o destino pode sair muito mais cara do que uma viagem com escalas. Só veja bem qual é o tempo da escala e onde ela é feita, para não perder muito tempo de viagem e chegar super cansado em Roma, pois dessa forma pode não compensar. A dica é fazer bem as contas, pois às vezes se a diferença é pequena, vale mais a pena o voo direto para você aproveitar melhor a viagem e chegar mais rápido.

  • Dicas da antecedência para economizar na passagem aérea:

Pesquise também qual é o período de alta temporada do seu destino, pois fica tudo muito mais caro, principalmente as passagens aéreas. Em Roma, há vários meses que são mais intensos a nível de turismos: as férias de verão (de junho a setembro) e no inverno (principalmente de novembro a janeiro).

  • Dicas do dia do voo:

Outra dica legal para achar passagens aéreas mais baratas é pesquisar a data do voo sempre caindo numa segunda, terça ou quarta-feira. Os voos às quintas, sextas e principalmente os que caem aos sábados e domingos costumam ser mais caros. Além disso, o horário do voo também influencia no custo da passagem.

Geralmente as passagens aéreas noturnas são as mais caras, pois são as mais procuradas, justamente pelo conforto do “tempo passar mais rápido” já que vai dormindo. Já os voos de tarde, geralmente são mais baratos.

Vista do avião

Muito mais dicas da Itália no Youtube!

Está gostando da matéria? Não deixe de visitar também o nosso canal no Youtube. Temvários vídeos incríveis da Itália, com muito mais dicas, para te ajudar a planejar toda a sua viagem. Se quiser, clique aqui para se inscrever no canal ou aqui para ver a playlist com todos os vídeos da Itália. Esse vídeo é o mais assistido do canal:

Como economizar muito na viagem à Itália

Veja outras matérias de Roma e da Itália:

O que fazer em Roma: Principais atrações, passeios e lugares da cidade.
Guia da Toscana: Tudo o que você precisa saber sobre a Toscana.
Pontos turísticos de Roma: Os principais lugares turísticos da cidade.
Dicas para viajar de trem pela Itália: Dicas, melhores empresas e passagens baratas.